Connect with us

Cultura Pop

13 CELEBRIDADES/ATORES QUE JÁ FIZERAM FILMES ERÓTICOS

Published

on

Não é de hoje que a pornografia é uma porta estreita de  polêmica na trilha do estrelato.
Geralmente usada como atalho, também pode ser simplesmente um caminho mais interessante,ou até pra sustento.

Abaixo listamos as 16 mais famosas celebridades que “emprestaram sua sensualidade ao mundo” pelo menos uma vez em suas carreiras. Seja em nome da arte, do suce$$o ou da putaria, seguem abaixo os safadinhos do nosso tapete vermelho, LEMBRANDO QUE TEM LINKS ENTÃO E POR CONTA E RISCO 😉

1. Cameron Diaz

Lá em 1992, enquanto o Brasil lidava com seu primeiro impeachment, uma Cameron Diaz  de 19 aninhos participava do curta “She’s No Angel” (“Ela não é um anjo”), com uma pegada sadomasoquista softcore – dois anos antes de ficar famosa por sua atuação no filme “O Máskara”.

Apesar da atriz ter conseguido impedir a divulgação do filme erótico em 2004, depois de uma longa batalha judicial, a internet jamais esquecerá ( CLIQUE POR CONTA E RISCO)

2. Jackie Chan

127300

Na década de 70, muito antes de estrelar dúzias de filmes de artes marciais cômicas com o mesmo roteiro repetido à exaustão, o ator honconguês estrelou uma comédia pornô oriental chamada “Tudo Em Família”. Ao contrário da maioria dos seus colegas, Jack Chan afirma não se envergonhar do início da carreira.

3. Xuxa

amorestranhoamorcapa1

O filme “Amor Estranho Amor”, de 1982, pode não ser o mais pornográfico, mas sem dúvida é o mais polêmico da nossa lista. Pérola da época das pornochanchadas, protagonizado por ninguém menos que Vera Fischer, o filme contou com a participação mais que especial de Xuxa Meneghel, na época com 18 anos.




FB_1666_001

Quis o insensato destino que a apresentadora conhecida como “Rainha dos Baixinhos” tenha iniciado sua carreira em cenas onde mantém relações sexuais com um menino de 12 anos. Bem antes de assinar contrato com a emissora da Igreja Universal, Xuxa já brigava na justiça para proibir a circulação do filme, mas a internet, como vocês já sabem, não esquece.

Grazi Fantini

grazi fantini - divulgacao - galeria

Seguindo o caminho inverso de Xuxa, a ex-paquita Grazi Fantini estrelou três filmes pornôs entre 2008 e 2009, depois da fama. Ela foi convidada para rodar seu primeiro filme após revelar, em uma entrevista, que era ninfomaníaca e que nunca estava satisfeita com a quantidade de sexo que praticava.

 


 

5. Sylvester Stallone

23ac47ea70e31d21c38cf106ad61b567.600x

Antes de entrar para a história do cinema na pele do lutador Rocky Balboa e do soldado Rambo, Sylvester Stallone enfrentou dificuldades financeiras que o levaram a estrelar o filme erótico “The Party at Kitty and Stud’s”, de 1970. Depois do ator ficar mundialmente conhecido, o filme passou a se chamar “The Italian Stallion” (“O Garanhão Italiano”).

“Era ou fazer aquele filme ou roubar alguém, porque eu estava no fim de minhas forças”, declarou o ator, que recebia US$ 100 por dia de trabalho.

6. Arnold Schwarzenegger

18k1w504lj6dfjpg

A carreira do ator austríaco Arnold Schwarzenegger teve uma ascensão meteórica, mas antes de estrelar diversos sucessos em Hollywood e sequer pensar em entrar para a política, o “exterminador do futuro” e ex-governador da Califórnia fez diversos ensaios fotográficos sensuais exibindo seu corpo de fisioculturista totalmente nu.

djZkyNCkMAsBkJQvHLJZ5WtGA5Js9OgJZlRW6Pgziws

Rumores indicam que ele teria participado também de um filme em que faria sexo com outro homem. Será?

7. Rita Cadillac

capa-filme-www.gamecover.com.br0430




Em 2004 a produtora Brasileirinhas decidiu investir em celebridades nacionais para aumentar a divulgação de seus vídeos. A primeira convidada foi a eterna chacrete Rita Cadillac, que participou de diversos outros filmes nos anos seguintes, contracenando com outros famosos, como Alexandre Frota e Mateus Carrieri (veja abaixo).

8. Alexandre Frota

587

Atualmente enveredando pelos tortuosos caminhos da indignação seletiva política, Alexandre Frota começou sua carreira atuando em filmes adultos logo depois da adolescência. A fama veio com papeis em novelas da TV Globo que fizeram sucesso nos anos 80 e 90, como “Sassaricando”, “Roque Santeiro” e “Perigosas Peruas”, e se reciclou em 2001, quando Frota entrou no reality show“Casa dos Artistas” e fez seu primeiro ensaio para a revista masculina G Magazine – que viria a estrelar outras três vezes.

Alguns anos depois o ator voltou às manchetes quando assinou contrato com a produtora Brasileirinhas, onde veio a contracenar com as mais diferentes atrizes – incluindo Rita Cadillac e uma travesti.

alexandre frota - divulgacao - galeria

De lá pra cá ele atuou em nada menos do que 19 filmes pornográficos, inclusive um deles como diretor.

9. Matt LeBlanc

116008ae1e425c25236a36dc898fb2e9

Mostrando que a vida imita a arte e vice-versa, Matt LeBlanc, o eterno Joey Tribbiani de “Friends”, participou da série pornô softcore “Red Shoe Diaries”. Na verdade o trabalho sequer poderia ser classificado como pornografia, já que as cenas do seriado não eram explícitas, mas vale o registro.

10. Mateus Carrieri

matheus carrieri - divulgacao - galeria

O ator paulista Mateus Carrieri iniciou sua carreira ainda criança no programa “Boa Noite, Cinderela”, do Silvio Santos. Mais crescidinho, ainda sem duplo sentido, ele participou da novela infantil “Chiquititas”, e do reality show “Casa dos Artistas”, na mesma emissora. Mais crescidinho, agora sim com duplo sentido, posou nada menos do que quatro vezes para a revista G Magazine e também foi contratado pela Brasileirinhas, onde atuou nos filmes “Clube Privê”, “Fogosas e Furiosas” e “O Sedutor”.

11. David Duchovny

David-Duchovny




Antes de ver sua carreira decolar como o agente Mulder da série “Arquivo X”, David Duchovnyapareceu em um episódio da série pornô “Red Shoe Diaries” (a mesma de Matt LeBlanc, acima). Mais tarde sites de fofocas divulgaram que o ator seria um viciado em sexo como seu personagem na série “Californication”, e que por isso já teria se internado em uma clinica de reabilitação, em 2008.

12. Kim Kardashian

ae12flm4fqlu0q5xvclb

Kim Kardashian era apenas uma socialite endinheirada em 2007, quando ganhou fama internacional após a divulgação na internet de um filme pornô caseiro, em que aparecia com o então namorado, o cantor Ray J. Após algumas batalhas judiciais, Kim recebeu US$ 5 milhões pela repercussão mundial do vídeo.

13. Leila Lopes (in memorian)

7401453

Depois de ficar famosa no elenco de novelas de sucesso da década de 90, como “Renascer”, “Tropicaliente” e “O Rei do Gado”, Leila Lopes assinou contrato com a Brasileirinhas em 2008, e causou muita polêmica ao negar que estaria gravando um filme pornô, inclusive ameaçando acionar judicialmente quem divulgasse tal informação.

Após o lançamento oficial do DVD “Pecados & Tentações”, a atriz foi obrigada a assumir sua carreira, e no ano seguinte estrelou também os filmes “Pecado Sem Perdão” e “Pecado Final” – título ironicamente profético, já que a atriz viria a se suicidar no final do mesmo ano.




Fonte: Google

Escreva aqui sua opinião

Olá eu sou Jay da Solta o Play, Criamos a solta o Play, para falarmos sobre o mercado audiovisual e tudo que fazemos nele :3

Advertisement

Séries

Cem Anos de Solidão | Gabriel García Márquez terá sua obra na Netflix!

Published

on

No dia em que completaria 92 anos, o escritor colombiano Gabriel García Márquez indiretamente deu um grande presente aos admiradores de sua obra, sendo anunciada pela Netflix a produção de uma série baseada no seu livro Cem Anos de Solidão.

A empresa de streaming anunciou hoje (06) o fato histórico, já que em mais de cinquenta anos nenhum trabalho do autor era liberado para adaptações. Gabriel García Márquez resistia que Cem Anos de Solidão tivesse uma versão cinematográfica, até mesmo tendo-a feito pensando em fujir de uma linguagem que fosse propícia pra isso, mesmo sendo um cinéfilo. Talvez pelas más experiências de outros títulos adaptados, como Amor nos Tempos do Cólera ou Crônica de Uma Morte Anunciada, que não fizeram jus ao sucesso das obras literárias.

Mas finalmente a família decidiu liberar a aquisição da obra-prima que era tão ansiada por muitos produtores, porém com algumas exigências: os filhos Rodrigo e Gonzalo García serão produtores-executivos da série, o idioma será o Espanhol, filmado na Colômbia e com atores latino-americanos.

Cem Anos de Solidão é uma das obras mais traduzidas no mundo todo. Foram 46 idiomas desde sua primeira publicação, em 1967, e mais de 50 milhões de exemplares vendidos.  O romance que conta a história das gerações da família Buendía na fictícia aldeia de Macondo, conquistou e conquista leitores ao longo dos anos, tornando-se leitura indispensável em diversos países e colaborando para que Gabriel García Márquez conquistasse o Prêmio Nobel de Literatura, em 1982.

A Netflix não deu detalhes quanto a data de estreia ou maiores detalhes sobre a produção, mas sem dúvida já deixou pessoas no mundo inteiro ansiosas e com boas expectativas de uma nova forma de apreciar esse grande clássico da literatura latino-americana.

 



A Ganha-Pão | Dos livros para o filme, a história de uma menina afegã.

Saiba mais sobre o autor: Gabriel García Márquez

Gostou da notícia? Deixe um comentário sobre suas expectativas!

Escreva aqui sua opinião

Leia Mais

Hq's

Contos dos Orixás | Talento e História nas HQ’s de Hugo Canuto

Published

on

Contos dos Orixás faz parte de um projeto do quadrinista baiano Hugo Canuto, em que lendas sobre divindades da África Ocidental, muito presentes nas crenças brasileiras, são retratadas com muito zelo e profissionalismo em personagens de quadrinhos. Um trabalho que tenta suprir um pouco a carência de conhecermos outras vertentes mitológicas, dos heróis que podem estar mais próximos de nós, e todo talento em produzir essas histórias todas em ótimas HQ’s.

“Em um tempo antigo, deuses e heróis caminharam entre os homens. Travaram batalhas com furor, ensinaram a curar e lidar com a terra, o ferro e o fogo, reinaram e amaram com a mesma intensidade. Alguns desceram do luminoso Orum para realizar seus destinos, enquanto outros nasceram no Aiyê e pelos grandes feitos se tornaram Orixás, marcando para sempre a história de dois continentes.

Desde 2016 o quadrinista vem desenvolvendo a criação, que em 2017 entrou em processo de financiamento coletivo através da Catarse, o qual foi ampliado em 2018 juntamente com a expansão do projeto inicial e posteriormente obtendo grande sucesso na pré-venda, o que proporcionou o lançamento da revista na CCXP, em Dezembro. Porém a campanha continua até dia 18/01/19, quando então se iniciará o processo de distribuição da edição final.

A revista que reúne os Contos dos Orixás é uma Graphic Novel de 120 páginas ilustradas, que de maneira semelhante aos heróis dos quadrinhos Marvel, nos apresenta os lendários nomes da cultura Yorubá.

 

“The Orixas” foi inspirada na capa da revista “Avengers 4, 1966”.

Para a produção, mesmo não sendo uma obra de cunho estritamente religioso, Hugo Canuto estudou profundamente a religiosidade acerca dos agora seus “personagens”, consultando terreiros, acadêmicos e líderes religiosos a fim de tratar com todo respeito e cuidado as histórias que fazem parte desde nossa ancestralidade e serão agora um pouco mais conhecidas, mesmo que num universo fictício dos quadrinhos; assim como captar conhecimento em várias esferas para enriquecer ainda mais suas ilustrações.

“Hoje, nosso trabalho é constantemente utilizado como referência em salas de aula, presente em livros didáticos, citado por teses universitárias e exposições em países como Estados Unidos e Inglaterra. Porém, o mais importante é que está presente nas casas e principalmente no coração do público, servindo ao seu maior propósito – ser instrumento de empoderamento, reflexão e transformação de percepções sobre o grande legado das Civilizações Africanas e sua descendência na formação Histórica, Cultural e Espiritual do Povo Brasileiro.”

 

           AXÉ BAHIA-The Power of Art in an Afro-Brazilian Metropolis, organizada pelo Fowler Museum, UCLA, Califórnia. (2017)

Para adquirir um exemplar e também descobrir outros projetos, conheça a CATARSE.



Contos dos Orixás, Hugo Canuto

Escreva aqui sua opinião

Leia Mais

Cultura Pop

CCXP18 | Mauricio de Sousa e as novidades da Turma da Mônica!

Published

on

A Comic Con Experience, que está acontecendo essa semana em São Paulo, trouxe em especial no dia de hoje um produto genuinamente BR que faz parte da nossa vida desde a infância: A Turma da Mônica!

Mauricio de Sousa veio ao painel da CCXP18 para mostrar as novidades da sua produtora, divulgou as artes em Hq´s da parceria com a DC, prévia do trailer do filme “Turma da Mônica: Laços”, a parceria com a HBO e também sobre o aplicativo onde o público poderá conferir todos os trabalhos de seus personagens.

O filme em live action tem estreia prevista para 27 de junho de 2019, e como divulgado nessa sexta, terá a participação do lendário personagem Louco, que será interpretado por Rodrigo Santoro! Tanto o personagem, quanto seu intérprete, agregam muito mais expectativa acerca do filme, que terá novo trailer disponibilizado nos próximos dias.



A parceria anunciada com a HBO também foi uma das boas novidades divulgadas no painel. A produtora MSP terá produzidas pelo canal as histórias de Astronauta, herói interplanetário das graphic novels de Danilo Beyruth. A primeira temporada terá seis episódios e centrará foco na origem do filosófico astronauta, que foi criado por Mauricio de Sousa em 1963 e recriado por Beyruth em 2012. Outra parceria é com a DC Comics, onde as histórias dos conhecidos heróis se cruzam com as da turma, e tiveram as capas dos trabalhos exibidas no evento:

 

Além dos heróis da DC, estão previstas também fusões da Turma da Mônica com Hello Kitty e Astro Boy! Tudo o que está por vir e também o que foi produzido desde o início dos personagens, está disponível no aplicativo exclusivo do MSP, o Banca da Mônica, que reúne todos os trabalhos em quadrinhos da turma do Limoeiro.

Tem muita coisa boa vindo por aí! 😉

 

Escreva aqui sua opinião

Leia Mais

Cinema

VAMOS FALAR SOBRE ”HALLOWWEN”

Published

on

Salve Players, vamos falar de um filme que tem rendido boas críticas!

Este ano chegou mais um filme da saga tão admirada do terror cinematográfico ”HALLOWWEN”.

 

O filme trás o retorno do icônico personagem Michael Myers, agora mais do que nunca sedento por sangue e retornando a perseguição que dura 4 décadas encima da personagem Laurie Strode.

Esse novo capítulo trás um foco bem interessante, o drama. Sim o drama!

Todo o sofrimento ao longo do tempo transformou Laurie em uma mulher amargurada, frustada e insegura de tudo, traumatizada por acontecimentos atrás, seu pesadelo não tem fim.

Muito bem dirigido, vemos aqui uma das poucas protagonistas do sexo feminino a ter tantas sequências em um filmem do gênero, alguém com um belo empoderamento que quer dar um fim a toda perseguição e carnificina que seu irmão vem protagonizando até aqui.

O filme tem os pés no chão, trás uma carga dramática sem deixar de lado o formato terror, e é sem dúvida um enorme sucesso atingindo a marca de pouco mais de $200 milhões mundo a fora de arrecadação.

Uma proposta bem interessante para aqueles que curtem o gênero, ou aqueles que querem um ótimo filme em cartaz.



 

Escreva aqui sua opinião

Leia Mais

Cultura Pop

Lendas | O folclore brasileiro contado por quadrinistas!

Published

on

Um projeto genuinamente brasileiro, onde o folclore e os talentos nacionais se juntam numa obra pra encher a gente de orgulho!

O livro LENDAS é uma coletânea produzida por alguns dos melhores quadrinistas atuais do estúdio Chiaroscuro, onde nas suas 150 páginas são encontrados detalhes da origem, criação do desenho e diversas informações oriundas de muita pesquisa sobre 50 personagens existentes no folclore clássico e popular, como Boto, Negrinho do Pastoreio, Lobisomem, Caipora, Saci, Loira do Banheiro, Boitatá e Ipubiara.

Os profissionais que ilustraram a obra e fazem parte do estúdio, possivelmente já são velhos conhecidos dos fãs de HQ´s, pois são agenciados para grandes empresas do ramo, inclusive Marvel e DC. Por terem seu trabalho conhecido no mundo todo através dos quadrinhos, design de produtos e campanhas publicitárias, LENDAS será publicado em versão bilíngue e terá seu lançamento físico na CCXP 2018, em Dezembro na cidade de São Paulo.

“Suas histórias são contadas desde muito tempo à luz de fogueiras, em meio a matas fechadas, e ao pé da cama, antes de dormir, para alertar e assustar as crianças sobre os perigos do mundo lá fora. Contos dos primeiros moradores do Brasil, que tinham uma relação íntima com as matas e seus habitantes, ou que chegaram a estas terras de navio, na memória de tantos imigrantes que aqui desembarcaram. Alguns antigas como o tempo, outros que misturam elementos antigos e modernos. Alguns deles benfazejos, outros aterrorizantes e mortais. Fantásticos, todos eles, que há séculos habitam nosso imaginário e integram a história e a cultura do país.”

 

Quadrinistas Chiaroscuro Studios:

Adriana Melo Adriano Augusto Adriano Di Benedetto Alex Shibao
Alisson Borges Allan Jeff Andrei Bressan Breno Tamura Bruno Oliveira
Cris Bolson Cris Peter Daniel HDR Daniel Maia Danilo Beyruth Dijjo Lima
Diogenes Neves Eber Ferreira Eddy Barrows Eduardo Pansica
Felipe Watanabe Geraldo Borges Gustavo Duarte Ig Guara Ivan Reis
Joe Prado Jonas Trindade José Luis Julio Brilha Julio Ferreira
Leonardo Romero Lucas Werneck Marcelo Costa Marcelo Di Chiara
Marcelo Maiolo Marcio Fiorito Marcio Hum Marcio Menyz Marcio Takara
Mauro Fodra Natália Marques Nuno Plati Oclair Albert Oren Junior Paulo Siqueira
Péricles Júnior RB Silva Ricardo Jaime Robson Rocha Rod San
Rodney Buchemi Rodrigo Spiga Rogê Antônio Ronan Cliquet Ruy José
Thony Silas Wesllei Manoel Wilton Santos Yildiray Çinar Zé Carlos



Escreva aqui sua opinião

Leia Mais

Críticas

Resenha série Lúcifer

Published

on

Essa série de investigação, comédia e um toque de romance, fez estreia no catálogo da Netflix dia 24/07/17.
A série conta a história do diabo, Lucifer Morningstar, que abandona seu “trono” no inferno e abre uma boate com piano em Los Angeles. Ao desenrolar da trama, ele se envolve com a “detéeective😅, Chloe Decker, e vira consultor da polícia, desvendando vários assassinatos. A série tem 3 temporadas e apenas 2 disponíveis na Netflix (por enquanto).





▶️
Minha crítica como espectadora: a primeira temporada é deliciosa de assistir. Podemos conhecer de perto o protagonista e seu primeiro contato com a detetive e o corpo policial. Já na segunda conhecemos mais da família celestial de Lucifer e muitos problemas que seguem por conta deles, sem deixar de lado, é claro, as investigações. E na terceira vemos um antagonista colocando as manguinhas de fora e “asinhas alheias” tb 😂! No geral acho a série muito repetitiva e meio que parece que não sai do lugar; principalmente a relação de Lucifer e Chloe. Chega ser frustrante de assistir! Acredito que a maioria gosta pelo personagem. Ele é o diabo, mas é cativante, engraçado, charmoso, honesto, original e até mesmo amável! E isso encanta quem assiste e gosta. Pois é mto contraditório! Tipo: como amar o diabo!? 🤣 Contudo, mesmo amando a série, reconheço que ela é bem fraca de conteúdo! Ela é mais pro lado de CSI (bem mal feito) com comédia. Geralmente eu não recomendo essa série, mesmo amando! Pq acho que ela é de um gosto particular meu! Entende!? 😆🤔 Espero que na 4ª temporada a Netflix dê o UP que prometeu dar a série e que ela realmente precisa! Sobre o cancelamento da série, pela FOX, particularmente achei que foi uma jogada de marketing! A série realmente não estava indo bem das pernas, com relação à audiência, e dps dessa confirmação da 4 temporada, achei que fizeram isso para atrair mais fãs e visibilidade à série (minha opinião!).





⏭️
Curiosidades: Tom Ellis (Lúcifer) faz seu próprio canto durante todo o show, apesar de não tocar piano. Baseado no personagem da Comic DC Virtigo, Lucifer Morningstar, do comic Sandman. O livro que Chloe lê para Trixie é “Coraline” de Neil Gaiman. Lúcifer é baseado em um personagem nos romances gráficos “Sandman” de Gaiman. Lúcifer nunca é visto fumando; ele é mostrado com cigarros fumegantes em um cinzeiro ao lado dele, ou apagando um cigarro, ou prestes a acendê-lo, mas sem realmente dar uma tragada. Tom Ellis admitiu em uma entrevista que fumar é o seu maior vício, e ele tem fumado “por muito tempo. Eu preciso parar”. Na primeira temporada, Lúcifer apenas diz o nome de Chloe duas vezes. Uma vez no piloto e no final da temporada. Kevin Alejandro substituiu Nicholas Gonzalez como Dan depois do piloto. Lina Esco faria o papel de Maze. Rachael Harris (Linda) e DB Woodside (Amenadiel) trabalharam anteriormente no programa Suits, nas temporadas 2, 3 e 4; Tricia Helfer (Charlote) tb trabalhou na série. Às vezes, quando Chloe Decker atende o telefone e o segura no ouvido, o telefone está virado de cabeça para baixo. A série já fez algumas referências a série Supernatural.
A série está com média 8,2 no IMDb (achei bom demais).
E de acordo com as minhas pesquisas, a 4 temporada está sendo gravada e tem previsão de estreia em 2019! 😀




Escreva aqui sua opinião

Leia Mais
Advertisement

Facebook

Em Alta